António Montenegro de Mendonça Pinto

Título

António Montenegro de Mendonça Pinto

Direitos

Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela

Data

1947-09-20

Data de criação

1947

Descrição

António Montenegro de Mendonça Pinto, filho de Manuel de Mendonça Pinto e Florinda Pinto, ingressou nos Bombeiros de Vizela com 23 anos, a 20 de setembro de 1947, tendo sido nomeado 2º comandante interino. Passados 10 anos, assumiu interinamente o Comando da corporação.
Em 1958, mais precisamente no dia 23 de março, substitui o Comandante Flávio Faria por 19 longos e bons anos. Foi reconhecido e medalhado diversas vezes, quer pela Associação quer pela Liga dos Bombeiros Portugueses pelos Bons e Efetivos Serviços prestados.
No 73º aniversário, ocorrido a catorze de maio de 1950, é condecorado, pela Direção da Real Associação, com a medalha de “Gratidão”, em Ouro, pelos serviços prestados, e pela Liga dos Bombeiros Portugueses com a medalha prateada de 2 estrelas, por Serviços Distintos. Em 1973 é distinguido com a Grã Cruz de Gratidão em Ouro, e em 1978, recebe a Medalha de 30 anos de Bons Serviços. Finalmente, a oito de maio de 1980, no 103º aniversário da Real Associação, recebe o Crachá de Ouro - a maior condecoração da Liga de Bombeiros Portugueses. A seu respeito dizia José Luís de Almeida: " Grande como disciplinado e gigante como amoroso disciplinador, o Comandante Mendonça Pinto obriga a história rica dos nossos bombeiros voluntários a novas páginas de ouro. Como bombeiro, ultrapassou a vulgaridade para se projetar no futuro como exemplo a seguir".

Tema

Crachá de ouro
António Montenegro de Mendonça Pinto
Agradecimento e memória
Comandantes